Andressa Trivelli

Desde a adolescência, trabalhou em organizações sociais, governamentais e privadas, além de ter tido experiência empreendedora.

Cofundou, foi voluntária e foi secretária escolar em programa de educação de jovens e adultos no Ilha de Vera Cruz, a unidade de EJA da Escola Experimental Vera Cruz.

Atuou na área administrativa da empresa governamental CONAB, em São Paulo. Desenvolveu estruturas e meios de acompanhamento de planejamento comercial no BankBoston. Em empresas privadas, posteriormente, trabalhou com a estruturação, planejamento e acompanhamento estratégicos e comerciais.

Foi diretora do escritório local da AIESEC na USP, liderando em São Paulo o relacionamento com a Artemisia e a Ashoka. Empreendeu e geriu uma das primeiras empresas sociais do Brasil, a Rede Tekoha, que à época trabalhava com a abertura e conexão a mercados para produtores artesanais, e com a capacitação direta e apoio ao desenvolvimento comercial de aproximadamente 100 comunidades brasileiras. Atuou diretamente nas comunidades por meio de projetos em parceria com organizações como Artesol, Mundaréu e CPCD.

Como consultora, gerenciou e implementou projetos financiados por organizações como Accenture, Instituto Asas, Grupo Camargo Corrêa, SEBRAE, BID, Fundação Volkswagen, SESC e Natura. Os projetos tinham como foco o incremento nos modelos de gestão de iniciativas e negócios comunitários e sociais, além do apoio estratégico e comercial para que se tornassem mais sustentáveis.

Na Ink, atuou como gerente de produto do curso de gestão de formação na metodologia PMD Pro de projetos sociais. Coordenou o Laboratório do Social Good Brasil que apoia empreendedores no desenvolvimento das suas iniciativas; estruturou modelo institucional de mensuração de impacto e desenvolveu a área de projetos corporativos, prospectando e coordenando projetos de impacto junto a empresas.

Foi diretora de operações do Impact Hub São Paulo, sendo responsável pelo planejamento estratégico, sua gestão e execução e gestão direta da equipe.

Hoje, a Rede Tekoha é uma empresa que agrega profissionais que têm experiência com desenvolvimento de conteúdos e implementação de processos e metodologias para apoiar o fortalecimento do campo social.

Atuou como docente no SENAC-SP, lecionando nas disciplinas relacionadas a marketing, empreendedorismo e sustentabilidade. É professora de gestão de projetos sociais no MBA em Liderança e Gestão do Terceiro Setor do IPOG.

É formada pelo Programa 10.000 Mulheres Empreendedoras coordenado pela FGV e Goldman Sachs, além de ser profissional certificada em gestão de projetos sociais PMD Pro nível 1. É bacharel em administração de empresas pela PUC-SP e mestre em administração de empresas pela FGV-EAESP, tendo estudado o processo de transformação de instituições de ensino superior que passaram por IPO.